Isabel dos Santos desmente a existência de uma investigação da PGR sobre si

A Sonangol apresentou uma queixa-crime contra Isabel dos Santos na Procuradoria-Geral da República de Angola. Que, por sua vez, teria solicitado a colaboração da homóloga portuguesa. Segundo noticiou a impressa lusa esta semana. Informação que a empresária desmente.

A ex-presidente do conselho de administração da Sonangol emitiu ao início desta tarde uma pequena declaração. Para voltar a contestar algumas notícias veiculadas pela comunicação social.

Desta vez, desmentindo o jornal português. Correio da Manhã, entretanto replicada por alguns sites angolanos e internacionais.

Segundo essa informação. A empresária está a ser visada numa queixa-crime apresentada pela Sonangol junto da Procuradoria-Geral de Angola. Reclamando o desvio de dividendos de mais de 410 milhões de euros.

Esclarecemos que se trata de uma falsa informação. Contactada, a Procuradoria-Geral da República de Angola confirma que não foi apresentada qualquer queixa-crime contra a Eng.ª Isabel dos Santos naquela instância. E que não estão em curso procedimentos legais de qualquer tipo. Em relação a qualquer assunto relativo à empresária, lê-se no comunicado, divulgado pela ex-PCA da Sonangol.

 

Novo jornal online

PARTILHE ESTE ARTIGO EM:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *